Twitter

CUT BA > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > ENTREVISTA EXCLUSIVA COM A PRESIDENTE DO SINDICATO DOS ENFERMEIROS REVELA AS LUTAS E AVANÇOS DA CATEGORIA

Entrevista exclusiva com a presidente do Sindicato dos Enfermeiros revela as lutas e avanços da categoria

14/05/2018

A presidente do sindicato conta a evolução do sindicato nos últimos 20 anos

Escrito por: Ascom CUT Bahia - Aline Damazio

Uma das categorias mais importantes para manutenção de nossa sociedade, os enfermeiros buscam melhores condições de trabalho, salário digno e valorização. É preciso respeito com profissionais que desempenham a função do cuidar.

Entrevistamos a presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Estado da Bahia (SEEB), Lucia Esther Duque Moliterno para sabermos a realidade da categoria para o enfretamento desse cenário políticos e social no qual a união dos trabalhadores juntos ao sindicato é fundamental para luta e manutenção de direitos.

Confiram:

P- Quais foram as conquistas da categoria dos enfermeiros com sua gestão à frente do sindicato

R- Quando assumimos o sindicato dos enfermeiros, a entidade estava praticamente fechada.  Começamos uma caminhada para reestruturar o sindicato e um dos pontos que mais avançamos foi quando começamos a fazer as negociações coletivas. Iniciamos por entidades filantrópicas depois conseguimos agregaras entidades privadas e hoje também realizamos negociações coletivas de seis sindicatos patronais na capital e no interior. Outro avanço que Tivemos É a restruturação da sede do sindicato.Outro ponto importante é que conseguimos ter representantes em vários municípios da Bahia e nossa próxima proposta é eleger representantes em vários municípios da Bahia e a nos locais de trabalho pois entendemos que precisamos manter o sindicato em todos os locais e não concentra apenas na diretoria.

Nosso trabalho gera confiança da base, por isso aumentamos o número de fiados ao SEEB. Atualmente contamos com uma estrutura correta para atender o trabalhador, bem diferente do que encontramos além de contar com escritórios de advocacia, tudo organizada. É continuamos na luta, no momento pela campanha salarial, carga horária e valorização do trabalhador (a).

P- Quais são os maiores desafios da categoria?

R - Acho que o maior desafio é garantir uma carga horária de 30 horas e um piso salarial para evitar o duplo e triplo vínculo

P- O que a categoria tem a comemorar no dia do 12 de maio, Dia Internacional do Enfermeiro?

R- A categoria da Enfermagem que é composta de enfermeiros, técnicos e auxiliares, todos tem uma função primordial em todos as áreas da saúde seja nos hospitais, na atenção básica, na área de gestão, vigilância, auditoria enfim em todos os espaços. Não existe organização da saúde sem a presença dos profissionais enfermeiros. Então, o que temos a comemorar é que somos fundamentais para a vida, o cuidado e para a saúde em geral.

P-  Quais as atividades que o sindicato organizou para categoria para lembrar esse dia?

R- Temos o mês de maio de comemoração tanto no interior como na capital debatendo nossas lutas e nosso trabalho. E também do dia 12 a 19/05 temos uma exposição sobre o trabalho da Enfermagem em todas as áreas no Shopping Piedade.

P- Perante essa conjuntura política e social como o SEEB atua na defesa dos direitos Da categoria dos enfermeiros?

R- Estamos trabalhando muito a reforma trabalhista traz prejuízos para o trabalhador.Também fazemos campanhas de filiação e investimento na comunicação para sensibilizar o enfermeiro é que ele entenda que a única arma que todos os trabalhadores têm são os seus sindicatos.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DA BAHIA
Rua da Independência, 16 | Nazaré | CEP 40040-340 | Salvador | BA
Fone: (55 71) 3322.9908 / 3321.9473| www.cutbahia.org.br | e-mail: sgcutba@gmail.com